segunda-feira, 5 de novembro de 2007

Ele é o Cara!


Este é Tom Brady, nada mais nada menos do que o melhor quarterback desta década. Atua pelo New England Patriots, time que ganhou 3 Superbowls em 4 anos (2002, 2004, 2005). Em dois destes anos ele foi eleito o MVP.

Na rodada deste domingo agora foi crucial para levar o NE Pats a mais uma vitória e continuar invicto, e desta vez foi ainda mais especial, pois o adversário era o Indianapolis Colts, atual campeão da NFL.

E pra finalizar, o melhor de todos atributos de Brady: ele é namorado da nossa Gisele Bündchen.

pobre Brady...

segunda-feira, 22 de outubro de 2007

Dica de filme




Invencível é um filme que retrata bem toda paixão que envolve este esporte.


Ele conta a história de Vince Papale, um torcedor fanático pelo Philadelphia Eagles, que no ano de 76 saiu das arquibancadas direto para o campo de jogo.


Não vou ficar contando muito pois não quero estragar nenhuma surpresa... só peço que confiem em mim e assistam ao filme. Vale muito a pena... gostando ou não de futebol americano... entendendo ou não as regras.


confiram o trailer:

quarta-feira, 10 de outubro de 2007

Go Cowboys!!!

Fanatismo à parte, Quem pode parar o Dallas Cowboys??? Como vocês já puderam perceber, sou um fã incondicional deste time, mas é impossível não admitir, sendo fã ou não, que o Dallas Cowboys está no caminho certo para conquistar o título deste ano.
Vou resumir pra vocês mais ou menos como foi o jogo de 2a feira contra o Buffalo Bills, em Buffalo.

Tony Romo estava tendo uma apresentação pífea, sofrendo diversas interceptações. Mas foi graças a isso que Dallas provou que não é um time de um jogador só. Se a vitória não chega pelo ar, que seja pela terra ou então pelos pés de Nick Folk.
Pois bem... faltando 20 SEGUNDOS para o jogo acabar, Dallas estava perdendendo de 24 a 16. E foi aí que o improvável aconteceu, Dallas fez um touchdown (6 pontos) e tentou em seguida um mini-touchdown (2 pontos) para empatar a partida e leva-la a prorrogação. So que Bills impediu que isto acontecesse e o jogo ficou em 24 a 22. Só que faltando 9 SEGUNDOS Dallas recuperou a bola Deus sabe lá como e teve mais uma oportunidade de mudar a história da partida. Eis que faltando 2 SEGUNDOS,os Cowboys tentaram um quase impossivel fieldgoal da distância de 53 jardas e marcaram, só que numa atitude desesperada, o técnico dos Bills pediu tempo no ultimo instante antes de Nick Folk chutar o fieldgoal, ou seja, o feito de Folk foi anulado e o chute deveria ser repetido. Só que a noite era mesmo dos Cowboys: o Camisa 6 chutou novamente e acertou o chute de 53 jardas.
Sem sombra de dúvidas foi o jogo mais emocionante da temporada, se não um dos mais emocionantes de toda história da NFL.

E Felizmente a vitória ficou mais uma vez com o time do Texas que segue invicto na competição.


sábado, 29 de setembro de 2007

Tony Romo

Uma pequena homenagem a este brilhante jogador que fez sua estréia como quarterback titular na NFL, na temporada passada porém numa jogada extremamente infeliz quase que mergulhou sua imagem na lama. Porém com muita personalidade e determinação deu a volta por cima e continuou em frente. Hoje é a alma do Dallas Cowboys e neste domingo passado fez a melhor partida da sua vida, levando seu time a mais uma vitória nesta temporada.
Ficha técnica:
NOME: Tony Romo
NASCIMENTO: 21/04/1980
ORIGEM: San Diego , CA
PESO: 101kg
ALTURA: 188cm
POSIÇÃO: quarterback
TIME: Dallas Cowboys
CAMISA: 9

Para quem não sabe, no ano passado, o Dallas Cowboys esteve com a classificação para os playoffs nas mãos, ou melhor, nas mãos de Tony Romo, só que infelizmente ele deixou a bola escapolir, não permitindo que o chutador fizesse o quase certo fieldgoal (3 pontos). Ele ainda tentou consertar sua falha correndo para marcar o touchdown mas foi impedido a centímetros da endzone. Quem entende de esportes sabe que têm dias que simplesmente as coisas não dão certo!

Veja o vídeo da jogada:

video

sábado, 22 de setembro de 2007

As Regras Básicas



O Futebol Americano é um esporte de contrastes. Tem bastante ação entre as jogadas e muita estratégia entre elas. Alguns jogadores são extremamente grandes e pesados, já outros são pequenos e ágeis.
O objetivo do jogo é avançar com a bola até ao fim do campo (end zone) adversário e somar pontos. A equipe que está no ataque, tem 4 tentativas para avançar no mínimo 10 jardas, via aérea ou via terrestre, cabe ao técnico e/ou ao quarterback (jogador que faz os passes e capitão do time) decidir que tipo de jogada será feita. Caso não consiga, a posse de bola passa para o outro time, caso consiga, continua avançando até chegar à end zone. Feito isto, a equipe ganhará 6 pontos (touchdown), além do direito de tentar o extra point que pode valer 1 ou 2 pontos, dependendo da jogada escolhida pelo time do ataque.
O time também pode optar por tentar um field goal durante sua investida ao ataque. Esta jogada consiste em um chute de bola parada, normalmente a menos de 40 jardas da “trave”. Neste caso, caso convertido, o gol valerá 3 pontos.
O campo de jogo possui 100 jardas de comprimento e 53 metros de largura. A partida é dividida em 4 quarters de 15 minutos cada.

Popularidade

O futebol americano é o esporte mais popular nos EUA, deixando pra trás grandes outros esportes como baseball, basketball e futebol. A liga profissional, a National Football League (NFL), que é composta por 32 equipes, é dividia em duas outras ligas a NFC e a AFC. A equipe campeã de cada uma se enfrentam no chamado Super Bowl, que é considerado por muitos o maior espetáculo da Terra e tem uma audiência anual de quase metade dos lares com TV americanos, e é também emitido para 150 outros países em cerca de 30 idiomas diferentes. Prova disso é que as quinze maiores audiências da hitória da tv americana foram em jogos de Super Bowl.

O futebol americano universitário é tão popular quanto a liga profissional, e muitos colleges e universidades participam na NCAA (National Collegiate Athletic Association), primeira divisão de futebol universitário, lotando constantemente enormes estádios.


No BRASIL, o esporte está ganhando popularidade pouco a pouco. As pessoas vêm se nteressando bem mais nesses últimos anos, principalmente pela transmissão dos jogos na tv, até agora, apenas em tv por assinatura. Além do mais, alguns adeptos estão começando a surgir pelos cantos do Brasil, inclusive já existem algumas ligas. Por aqui, a versão mais popular é o futebol americano de areia, sem proteções e precisas marcações nos campos, porém com a mesma emoção característica deste magnífico jogo.

A história


O futebol americano de futebol não tem quase nada, mas é assim chamado por quase todo o mundo, à exceção dos EUA e de alguns países da região do Reino Unido. Apesar das diferenças, é do rugby que o futebol americano surgiu. Este, por sua vez, apareceu a partir do futebol quando os jogadores começaram a carregar a bola com as mãos. Até hoje futebol americano ainda mantém semelhanças facilmente reconhecíveis com o rugby.